Por que aumentou a demanda por engenheiros clínicos em hospitais?

engenheiros clínicos
3 minutos para ler

Você sabia que, durante a pandemia, aumentou a necessidade da presença dos engenheiros clínicos nos hospitais? Isso porque essa fase que estamos vivendo tem demonstrado quais são as falhas do nosso sistema de saúde e o quão importante esses profissionais são na hora de solucionar tais questões.

Basicamente, em uma de suas inúmeras funções, os engenheiros clínicos são os responsáveis por acompanhar o ciclo de vida dos equipamentos, assim como se encarregar da manutenção deles. Esses especialistas também possibilitam que os hospitais possam ter a aparelhagem correta e necessária para o dia a dia.

Devido à importância desse assunto, especialmente agora durante a pandemia da Covid-19, vamos falar quais são as atribuições desses profissionais e porque a demanda por eles aumentou recentemente. Acompanhe a leitura para saber mais!

Por que os hospitais têm necessitado mais dos engenheiros clínicos?

Em pesquisa divulgada pela Federação Brasileira de Hospitais e pela Confederação Nacional de Saúde, foi constatado que, em 2019, o Brasil tinha apenas 1,95 leitos para cada 1.000 habitantes.

Esses dados são alarmantes e mostram como o país ficou despreparado para lidar com a pandemia que segue afetando a vida dos brasileiros. Afinal, com a falta de equipamentos e da manutenção adequada, os pacientes não têm acesso ao cuidado ideal para o tratamento das doenças.

Então, para evitar que a vida das pessoas fique em risco por conta disso, aumentou a demanda por engenheiros clínicos nos hospitais, já que eles são os profissionais capacitados para lidar com esses problemas.

Powered by Rock Convert

Sendo assim, esses engenheiros passaram a ter um papel estratégico dentro das unidades hospitalares. Isso porque eles acompanham o tempo de vida útil dos equipamentos, analisam a infraestrutura dos hospitais e verificam quais são as novas tecnologias que podem aprimorar o trabalho diário dos profissionais de saúde.

Quais são as atribuições dos engenheiros clínicos?

Os engenheiros clínicos atuam, principalmente, com a manutenção preventiva. Ou seja, previnem falhas nos equipamentos, o que acaba evitando a perda do aparato. Sendo assim, eles focam em não deixar os equipamentos parados ou com funções interrompidas.

Eles também fazem a manutenção corretiva, que acontece quando um equipamento apresenta falha. Então, o objetivo se torna corrigir o problema por meio das políticas de manutenção.

Outra atribuição desses profissionais envolve a parte financeira. Afinal, eles ficam responsáveis por gerenciar as trocas de equipamentos, assim como a adesão às novas tecnologias. Em ambos os casos, esses especialistas se relacionam com o setor financeiro para que as compras sejam feitas de forma mais eficiente.

Os engenheiros clínicos também lidam com as obras de reforma e ampliação, que se tornaram necessárias durante a pandemia. Portanto, o gerenciamento da infraestrutura se revela como uma das suas atribuições mais importantes, além dos comissionamentos das obras e os orçamentos destinados a elas.

Dessa forma, os engenheiros clínicos são peças fundamentais no funcionamento adequado dos hospitais. São eles que vão permitir o uso eficiente dos equipamentos, assim como a otimização do espaço para o diagnóstico e tratamento dos pacientes. Por isso, a tendência é que esses profissionais se tornem ainda mais necessários daqui para frente.

Gostou deste artigo? Caso queira continuar acompanhando assuntos como este, assine a nossa newsletter e receba os nossos conteúdos no seu e-mail!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário