O que são as tecnologias vestíveis e como elas podem ser aplicadas na saúde?

tecnologias vestíveis
6 minutos para ler

Também conhecidas como wearables, as tecnologias vestíveis estão ganhando cada vez mais espaço no mercado. Essas tecnologias são utilizadas, inclusive, no setor de saúde, pois agregam praticidade e outros benefícios aos serviços de monitoramento e de diagnóstico.

Tendo isso em vista, vamos explicar o que são as tecnologias vestíveis e quais as modalidades disponíveis para os profissionais de saúde. Veja, ainda, quais são os recursos e tratamentos que podem ser beneficiados por essa tecnologia e, assim, proporcionar resultados mais positivos para os pacientes. Aproveite a leitura!

O que são as tecnologias vestíveis?

Depois dos smartphones, uma nova tendência está dominando o mercado da Internet das Coisas (IoT). O uso de inteligência artificial em relógios, pulseiras e óculos de realidade virtual ganhou destaque entre os adeptos das inovações tecnológicas. Esses aparelhos estão evoluindo rapidamente e se tornando cada vez mais acessíveis.

Como o próprio nome sugere, usar tecnologias vestíveis significa não apenas “vestir-se” com algo semelhante a um acessório ou, até mesmo, a uma peça de roupa. No sentido mais amplo, essas ferramentas permitem “revestir-se” de múltiplas possibilidades, já que eles proporcionam o acompanhamento dos pacientes em qualquer hora e lugar.

Portanto, esses recursos não estão mais limitados aos serviços de monitoramento de exercícios físicos, como contagem de distância percorrida ou quantidade de calorias queimadas. Esses avanços tecnológicos estão inovando diagnósticos e tratamentos, o que representa novas possibilidades para prevenção e identificação de doenças.

Quais são as principais categorias de tecnologias vestíveis?

Originalmente do inglês, o termo “wearable devices” significa “dispositivos vestíveis”. Essas ferramentas são importantes para remodelar a relação médico paciente, otimizar o trabalho da gestão, além de promover uma melhor interação com todos os envolvidos no atendimento ao paciente.

Nesse contexto, listamos as principais categorias de tecnologias vestíveis que podem ser usadas para facilitar a prevenção, o diagnóstico e o tratamento de doenças. Confira!

Monitoramento de saúde e bem-estar

Esse acompanhamento é feito por meio de sensores que podem avaliar dados fisiológicos com precisão e eficácia. São aparelhos em formato de pulseiras ou de relógios acoplados com sensores que permitem rastrear alterações fisiológicas. Essa monitoração é importante para avaliar, precocemente, o risco para o desenvolvimento de doenças crônicas, principalmente nos grupos mais vulneráveis.

Prevenção com detecção precoce

Esse modelo de tecnologia permite combinar monitores de atividade com sensores corporais, a fim de detectar alterações nos parâmetros de saúde e identificar sintomas que contribuem para a descoberta antecipada de doenças.

Supervisão de segurança

São dispositivos programados com a função de alertar profissionais de emergência para prestar o devido socorro. Eles podem detectar quedas em pessoas com idade mais avançada ou com doenças que comprometem o equilíbrio. Também são indicados para alertar ataques cardíacos, convulsões típicas de epilepsias ou outras condições que exigem cuidados emergenciais.

Reabilitação domiciliar

Esses dispositivos são acoplados com recursos interativos voltados para a realidade virtual. Sua aplicabilidade permite o acompanhamento do paciente em casa, o que ajuda a facilitar o processo de reabilitação. Nesse período de quarentena, essa funcionalidade se torna ainda mais útil, tendo em vista a necessidade de evitar os riscos dos ambientes hospitalares.

Powered by Rock Convert

Monitoramento da condição física

Esses acessórios podem registrar, em tempo real, os batimentos cardíacos, a pulsação e a frequência respiratória do usuário. Isso permite a monitoração do paciente em tratamento médico que exige a monitoração de sua condição física mediante esforço físico.

Quais os benefícios das tecnologias vestíveis para a saúde?

Os avanços tecnológicos permitiram que os wearables device se tornassem excelentes aliados dos profissionais que atuam no setor de saúde. Observe, agora, as vantagens que essas tecnologias vestíveis proporcionam.

No trabalho institucional

Em clínicas ou em ambientes hospitalares, esses recursos ajudam bastante na otimização do tempo e na demanda de atendimento. Eles agilizam os atendimentos, pois permitem que médicos acompanhem pacientes mesmo à distância e cuidem de quem precisa de atendimento presencial.

Para pessoas com limitações

As tecnologias vestíveis também possibilitam uma maior humanização do atendimento ao dar atenção e suporte ao paciente em domicílio. Especialmente para os pacientes acamados, acidentados, idosos ou em recuperação de cirurgias, o acompanhamento home care garante o suporte necessário dos profissionais de saúde.

Na prevenção e controle de doenças crônicas

Os wearables têm sensores que podem ser acoplados em diferentes acessórios ou mesmo peças de vestuário. Tais sensores possibilitam uma multiplicidade de recursos de monitoramento de doenças como hipertensão e diabetes por meio de alertas emitidos ao médico ou aos profissionais responsáveis pelo paciente.

Quais as tendências para esse mercado?

Com as inovações resultantes da tecnologia wearable para a área de saúde, muitas pessoas estão motivadas a mudarem os hábitos do cotidiano com a finalidade de melhorar a saúde. A adesão ao uso desses dispositivos ajuda na administração da rotina e na adoção de práticas mais favoráveis a um estilo de vida mais equilibrado e saudável.

Tanto para os usuários quanto para os profissionais de saúde, essa tendência está conquistando o mercado, pois as tecnologias vestíveis facilitam o acesso a informações de diagnóstico e ainda conferem mais autonomia ao usuário. A tendência é que essas ferramentas continuem evoluindo gradativamente e com muita rapidez.

Atualmente, muitos equipamentos já possuem funcionalidades que permitem o acompanhamento de importantes dados da saúde, como valores nutricionais, níveis de ansiedade e de estresse, horas de sono e batimentos cardíacos. Isso comprova que os wearables já se tornaram grandes aliados dos profissionais de saúde para melhorar o trabalho deles e otimizar a rotina.

Muito em breve, a tendência é que esse tipo de tecnologia alcance uma popularidade muito semelhante à dos smartphones. Isso porque a aplicabilidade desses dispositivos conquista cada vez mais adeptos em diferentes nichos. O crescimento dessa tendência no mercado de saúde é devido à possibilidade de acompanhar e avaliar o paciente, à distância, por meio desses recursos.

Pode-se concluir, por fim, que as tecnologias vestíveis são excelentes ferramentas para impulsionar o diagnóstico, direcionar condutas terapêuticas e auxiliar na detecção precoce de muitas doenças. Logo, o uso dessas inovações contribui para modernizar as formas de tratamentos e, com isso, melhorar a qualidade de vida e a experiência do paciente.

Gostou deste artigo? Então, acompanhe mais novidades em nossas redes sociais. Estamos no LinkedIn, Instagram e Facebook!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário